Azul terá 64 voos adicionais para o feriado de 7 de setembro


Companhia colocará em operação voos adicionais em 18 aeroportos; Recife, Belo Horizonte e Campinas são as cidades com maior número de frequências.


Com a retomada gradual do serviço aéreo no país, a Azul – eleita a melhor companhia aérea do mundo, segundo ranking de 2020 do Tripadvisor – deve ofertar mais 64 voos durante o período de 4 a 8 de setembro, oferecendo mais opções aos Clientes que desejam aproveitar o feriado de 7 de setembro para visitar amigos ou parentes. Seguindo os protocolos e medidas de higiene estabelecidos pela empresa desde o início da pandemia, as operações extras da companhia já estão sendo comercializadas em todos os canais oficiais da Azul.

Os aeroportos de Recife (PE), Belo Horizonte (MG) e Campinas (SP) – principais centros de conexão da Azul no país – serão as bases com maior número de pousos e decolagens extras. Recife terá ligações para Fortaleza, Maceió, Natal, Salvador e para Congonhas e Guarulhos, em São Paulo. De Confins, em Belo Horizonte, os voos terão como destino Porto Seguro, Ilhéus, Salvador e para o Santos Dumont, no Rio de Janeiro. Já partindo de Viracopos, o Cliente Azul pode chegar a Curitiba, Foz do Iguaçu e Navegantes. Outras rotas como Cuiabá-Porto Alegre e Porto Alegre-Guarulhos também receberão voos extras.

“Para atender a demanda crescente e que geralmente é maior em períodos como esse, fizemos adições da oferta em nossos principais hubs no país. Oferecemos mais voos em rotas que consideramos de lazer, queremos atender os Clientes que irão aproveitar a data para descansar e visitar parentes e amigos. Desde o início da pandemia, a Azul adotou uma série de novos protocolos de higiene, por isso, com toda convicção, podemos dizer que viajar é seguro e que estamos pronto para receber nossos Clientes com toda a segurança e saúde, explica Vitor Silva, gerente de planejamento de malha da Azul.

Em setembro, a Azul amplia sua malha doméstica e alcança 45% da capacidade operada pela empresa antes da pandemia, um crescimento de 570% na malha de 70 voos que foi operada em abril, no momento mais crítico da crise, e passa a operar 407 voos por dia para 88 destinos no Brasil e no exterior.

O novo padrão de limpeza e segurança da Azul

A Azul reforçou a limpeza de suas aeronaves a cada voo e à noite, seguindo os protocolos sugeridos pela IATA. A companhia também foi a primeira do país a tornar obrigatório o uso de máscaras por Tripulantes e Clientes, tanto a bordo quanto em solo. Em outra iniciativa pioneira, a Azul passou a medir a temperatura dos Tripulantes a cada início de turno, aumentando a confiança em solo e a bordo e preservando a vida e a segurança de todos.

A companhia tem orientado o check-in pelo aplicativo da companhia e, para aqueles que precisa despachar a bagagem, sugere o uso dos balcões de autoatendimento, em que o próprio Cliente etiqueta sua bagagem sem contato com a tela dos tablets. Para o embarque, a Azul lançou o Tapete Azul, tecnologia pioneira no mundo, que é composto por um conjunto de projetores e monitores. Por meio de realidade aumentada projetores no chão formam um tapete virtual colorido e móvel, que convida a pessoa a se posicionar na fila de acordo com seu número de assento. A inovação vem proporcionando uma diminuição de cerca de 25% no tempo em que uma pessoa leva entre embarcar e sentar dentro do avião e, de quebra, contribui para o distanciamento social, já que os Clientes convocados para o embarque ficam a quatro metros de distância entre si.

A bordo da aeronave, kits com luvas, álcool em gel e lenço umedecido estão à disposição para uso dos Clientes e dos Tripulantes da Azul quando necessário. A companhia também tem utilizado descontaminantes bactericidas que contam com um princípio ativo que elimina o vírus da COVID-19 em 99,99% dos casos. Com o produto e a limpeza dupla nos assentos, mesinhas, bolsão, banheiros, encosto de cabeça, cinto de segurança, janela, paredes e compartimentos superiores, a Azul vem atendendo todas as normas de procedimento de limpeza e desinfecção sugeridas pela Anvisa. O serviço de bordo passou a ser realizado ao final do voo, garantindo o uso da máscara durante toda a viagem, e o desembarque agora é realizado por fileiras, evitando as costumeiras aglomerações no corredor no momento de saída da aeronave



Fonte: Azul Linhas Aéreas Brasileiras

WAF.png

Uma produção

WAF Brasil

RECEBA NOSSA NEWSLETTER

  • Branca Ícone Instagram
  • White Facebook Icon